Agricultura e fome mundial são temas de debate em reunião do Parlasul com o deputado Edio

Dando continuidade às reuniões do Parlamento do Mercosul (Parlasul) em Montevidéu, no Uruguai, o deputado federal Edio Lopes (PL/RR) participou de mais uma importante reunião de debates.

Nesta tarde (30), os membros do órgão representativo do Mercosul definiram que será realizada uma reunião em abril de 2020, com a presença de autoridades da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), órgãos da Organização das Nações Unidas (ONU) que desenvolvem trabalhos relacionados à fome no mundo e à produção de alimentos.

“Essa reunião se dará por conta de estimativas que indicam que em 2050, teremos no planeta algo em torno de 10 bilhões de pessoas. E nos moldes que a agricultura está caminhando hoje, levará grande parte do planeta à fome. A FAO entende que daqui para 2050, precisamos ter um crescimento na agricultura familiar, que é quem produz o produto de mesa, na ordem de 40%. Essa é uma situação que não é muito fácil de ser alcançada”, explica, preocupado, o deputado Edio.

O parlamentar completa ainda que os indicativos mostram que se essas metas não forem alcançadas, grande parte da população do planeta passará fome, sobretudo da África e de algumas áreas do Continente Americano, como a América do Sul, e isso será motivo de muitas guerras neste período.

Nosso mandato é participativo!