Foto Rafael Carvalho / Casa Civil

Deputado Edio solicita medidas urgentes do Governo Federal para resolver crise de venezuelanos em Roraima

Foto: Rafael Carvalho / Casa Civil

Em reunião fechada no Palácio do Planalto, o deputado federal Edio Lopes (PL/RR), juntamente com a bancada de Roraima, discutiu hoje (28) com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), General Ramos (Secretaria de Governo) e o governador do estado, Antonio Denarium, a crise de venezuelanos em Roraima.

Edio Lopes informou que através de uma ação durante sessão da Câmara dos Deputados na última semana, juntamente com os deputados Jhonatan de Jesus (Republicanos/RR) e Hiran Gonçalves (PP/RR), pararam uma votação na Casa para cobrar uma atuação mais enérgica do Governo Federal frente à questão venezuelana.

“Não pactuamos mais com as medidas e ações que estão sendo executadas quanto a situação da migração em Roraima. Reconhecemos que existem esforços na interiorização com a Operação Acolhida, mas o Estado que já sofria uma crise econômica extrema vem sucumbindo em uma grave crise social e parcela maior disso deve-se aos venezuelanos que lá chegam em centenas ou milhares a cada dia”, ressaltou o deputado na ocasião.

A líder do Governo no Congresso, deputada federal Joice Hasselmann (PSL/SP), entendendo a urgência da situação, prometeu e conseguiu essa reunião realizada hoje com os ministros. Os parlamentares destacaram na audiência que a Operação Acolhida precisa ter mais efetividade, pois não está trazendo tantos resultados assim como é anunciado pelo Governo Federal. O deputado Edio, além de cobrar resultados mais efetivos, citou que a operação vem atuando dando atenção apenas para Pacaraima e Boa Vista, deixando de lado os demais municípios, que também estão sofrendo impacto com a migração.

“Os venezuelanos também têm se deslocado para os municípios do interior. E são esses locais que vêm sofrendo o real impacto da crise, principalmente nas áreas da saúde, educação e segurança pública. Adverti aos ministros e aos presentes na reunião, que a situação é tão dramática que se soluções não forem adotadas, não restará outra alternativa à bancada de Roraima, a não ser a tomada de posições contrárias ao Governo Federal”, disse Edio, em sua fala.

De acordo com o deputado Edio, a reunião foi bastante produtiva. Segundo ele, o General Ramos e o ministro Onyx ouviram os relatos de todos os parlamentares e se surpreenderam com os dados apresentados, como a situação dos municípios do interior. Ficou assumido o compromisso de que dentro de no máximo oito dias, será convocada uma nova reunião com a bancada de Roraima, onde o Governo Federal irá apresentar medidas concretas em busca de resolver esses impasses.

Nosso mandato é participativo!