Sudam libera recursos de Edio Lopes para levar energia em comunidades indígenas do Baixo Cotingo

Estes últimos dias de 2018 estão sendo de intenso trabalho para o deputado federal Edio Lopes (PR/RR). Hoje, dia 28, a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) realizou o pagamento para a Prefeitura de Normandia da primeira de três parcelas de R$ 1 milhão de emenda do parlamentar para eletrificação rural em comunidades indígenas do Baixo Cotingo.

Trata-se de um convênio de 2016. O deputado explica que a demora para a liberação dos recursos ocorreu devido à impasses quanto a manifestação ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). “Por lei, projetos dessa natureza em comunidades indígenas necessitam de autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do licenciamento do Ibama. Apesar da rápida manifestação da Funai em favor do projeto, o processo no Ibama demorou 16 meses para receber a dispensa da licença. Só no início deste mês foi possível a Sudam seguir com os processos administrativos para a liberação dos recursos”.

O projeto de eletrificação rural irá ampliar a rede já existente na comunidade Feliz Encontro, com um sistema trifásico em atendimento a comunidade São Pedro e um monofásico atendendo as demais Vizela, Mari Mari, Monte Sinai, Santa Maria e Pacú.

Edio ressalta a importância de levar energia elétrica 24 horas para as comunidades indígenas, proporcionando inclusão e acesso aos benefícios da energia, como eletrodomésticos e outros, além de potencializar o desenvolvimento da agricultura local por meio da utilização de novas tecnologias na produção. “Esta é ação onde demonstra que queremos investir no desenvolvimento de nossas comunidades indígenas. Com o projeto executado, será uma importante ferramenta de inclusão social oferecendo energia 24 horas para estas famílias”, completou.

O parlamentar reforça a dedicação do prefeito de Normandia, Gute Brasil, e de todas as lideranças indígenas que acompanham o seu trabalho no município, ajudando no cumprimento de suas ações.

Publicado em 28/12/18

Nosso mandato é participativo!